O senhor é minha força meu escudo; nele o meu coração confia e dele recebo ajuda.
(Salmos 28:7)

quinta-feira, 31 de março de 2011



— pois olhe – declarou de repente uma velha fechando o jornal com decisão –
pois olhe, eu só lhe digo uma coisa: Deus sabe o que faz.

- Clarice Lispector in A Menor Mulher do Mundo pertencente a obra “Laços de Família”

"Passei o dia com teu céu. Lá fora choveu. Em mim fez sol."
(Alice Ruiz)

E não me importo com a meteorologia.
Se ontem fez sol ou se hoje vai chover.
Com você ao meu lado,
todos os dias são de céu azul e as noites sempre estreladas.

Luzia Trindade


"As pessoas nascem para certas coisas desde que o mundo é mundo.
Eu fui nascida para perdoar."

(Rita Apoena)

Lição de amor!

Scusa Ma Ti Chiamo Amore


"Scusa ma ti chiamo amore, Non so dire nulla più; Scusa se ti ho dato un nome
Dico solo che sei tu, Che ridisegni il mio destino e colori il desiderio dentro gli occhi miei
Io non ho più freddo adesso, Che ho imparato a piangere e non ho paura quando sento di rinascere
Mi rimetti in gioco adesso, lascio correre il mio cuore verso di te
Nomi troppo tardi in tasca, Ora ho la libertà.. puoi tirarla fuori quando vuoi
Una vita da riscrivere, Nel tuo cuore che ha mille pagine, Sfoglierò poesie che parlano di noi
Un amore che non ha età
Scusa ma ti chiamo amore e non posso dir di più, scusa se non posso avere gli anni che hai ora tu
Ma conservo quell'istinto per volare come un aquilone in libertà
L'amore non è convenzione, Non si delimita, Scorre nei nostri cuori ormai"



"Só quando se tem dezoito anos a vida parece uma canção."


(Lição de amor)

{ filme lindo que assisti, vale a pena!}

"- Mas Holly, a vida de ninguém é repleta de momentos perfeitos.
E se fosse, não seriam momentos perfeitos. Seriam apenas normais.
Como você poderia saber o que é a felicidade se nunca tivesse experimentado as quedas?"




"Obrigado pela honra de ter sido minha esposa.
Sou um homem sem arrependimentos.
Tenho sorte de você ter sido minha. Você é minha vida, Holly.
Mas fui só um capítulo na sua, haverão muitos outros."



(Ps: Eu te amo)

terça-feira, 29 de março de 2011


"Lá está ela, mais uma vez. Não sei, não vou saber, não dá pra entender como ela não se cansa disso. Sabe que tudo acontece como um jogo, se é de azar ou de sorte, não dá pra prever. Ou melhor, até se pode pra ver, mas ela dispensa.Acredito que essa moça, no fundo gosta dessas coisas. De se apaixonar, de se jogar num rio onde ela não sabe se consegue nadar. Ela não desiste e leva bóias. E se ela se afogar, se recupera. Estranho e que ela já apanhou demais da vida. Essa moça tem relacionamentos estranhos, acho que ela está condicionada a ser uma pessoa substituta. E quem não é? A gente sempre acha que é especial na vida de alguém, mas o que te garante que você não está somente servindo pra tapar buracos, servindo de curativo pras feridas antigas? A moça...ela muito amou, ama, amará, e muito se machuca também. Porque amar também é isso, não? Dar o seu melhor pra curar outra pessoa de todos os golpes, até que ela fique bem e te deixe pra trás, fraco e sangrando. Daí você espera por alguém que venha te curar. As vezes esse alguém aparece, outras vezes, não. E pra ela? Por quem ela espera? E assim, aos poucos, ela se esquece dos socos, pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará. A moça - que não era Capitu, mas também tem olhos de ressaca levanta e segue em frente. Não por ser forte, e sim pelo contrário... por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração, na sua alma, na sua essência. E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda. Afinal, foi chorando que ela, você e todos os outros, vieram ao mundo."



"Cometa bobagens. Não pense demais porque o pensamento já mudou assim que se pensou. O que acontece normalmente, encaixado, sem arestas, não é lembrado. Ninguém lembra do que foi normal. Lembramos do porre, do fora, do desaforo, dos enganos, das cenas patéticas em que nos declaramos em público. Cometa bobagens. Dispute uma corrida com o silêncio. Não há anjo a salvar os ouvidos, não há semideus a cerrar a boca para que o seu futuro do passado não seja ressentimento. Demita o guarda-chuva, desafie a timidez, converse mais do que o permitido, coma melancia e vá tomar banho de rio. Mexa as chaves no bolso para despertar uma porta. Cometa bobagens. Não compre manual para criar os filhos, para despistar os fantasmas. Não existe manual que ensine a cometer bobagens. Não seja sério; a seriedade é duvidosa; seja alegre; a alegria é interrogativa. Quem ri não devolve o ar que respira. Não atravesse o corpo na faixa de segurança. Grite para o vizinho que você não suporta mais não ser incomodado. Use roupas com alguma lembrança. Use a memória das roupas mais do que as próprias roupas. Desista da agenda, dos papéis amarelos, de qualquer informação que não seja um bilhete de trem. Procure falar o que não vem à cabeça. Cantarolar uma música ainda sem letra. Deixe varrerem seus pés, case sem namorar, namore sem casar. Seja imprudente porque, quando se anda em linha reta, não há histórias para contar. Leve uma árvore para passear. Chore nos filmes babacas, durma nos filmes sérios. Não espere as segundas intenções para chegar às primeiras. Não diga “eu sei, eu sei”, quando nem ouviu direito. Almoce sozinho para sentir saudades do que não foi servido em sua vida. Ligue sem motivo para o amigo, leia o livro sem procurar coerência, ame sem pedir contrato, esqueça de ser o que os outros esperam para ser os outros em você. Transforme o sapato em um barco, ponha-o na água com a sua foto dentro. Não arrume a casa na segunda-feira. Não sofra com o fim do domingo. Alterne a respiração com um beijo. Volte tarde. Dispense o casaco para se gripar. Solte palavrão para valorizar depois cada palavra de afeto. Complique o que é muito simples. Conte uma piada sem rir antes. Não chore para chantagear. Cometa bobagens. Ninguém lembra do que foi normal. Que as suas lembranças não sejam o que ficou por dizer. É preferível a coragem da mentira à covardia da verdade."




Como diz Briza: "A vida é uma gambiarra!"
E, pensando bem, é mesmo! Um rolo de emendas que a qualquer momento podem se romper.
Mas é importante saber viver cada momento, curtir cada pessoa,
uma hora ou outra já estamos em outro lugar, embalados em outro ritmo ou em outros braços...
Às vezes pegamos o trem de volta, ou seguimos em frente, nunca se sabe o que a mão do destino nos reserva.
O bom mesmo é seguir, seguir sempre e não voltar atrás, reviver só se for na memória...
não deixar que as mágoas inundem a alma!
Distribua amor e encontre amores.
Deixe seu coração livre, limpo e puro..
para que ele saiba pousar e repousar no colo,
daquele que vai aquecer pra sempre suas infinitas noites de inverno!



[Simone Oliveira]


"Meu Deus! Meu Deus! Como tudo é esquisito hoje. E ontem era tudo exatamente como de costume! Será que fui eu que mudei à noite? Deixe-me pensar: eu era a mesma quando eu levantei hoje de manhã? Eu estou quase achando que posso me lembrar de me sentir um pouco diferente. Mas se eu não sou a mesma, a próxima pergunta é: Quem é que eu sou? Ah, essa é a grande charada."

"... A senhora me desculpe, mas no momento não tenho muita certeza. Quer dizer, eu sei quem eu era quando acordei hoje de manhã, mas já mudei uma porção de vezes desde que isso aconteceu. (...) Receio que não possa me explicar, Dona Lagarta, porque é justamente aí que está o problema. Posso explicar uma porção de coisas mas não posso explicar a mim mesma..."



Alice no País das Maravilhas .

"Boba de amor, e eu não sei no que você acredita quando me atrapalho nas palavras só porque sua presença me intimida.Tenho tanta vontade de viver de novo, fico ansiosa pelo próximo dia, e o próximo,para te ver de novo e reparar seus cabelos crescendo, tua pele sendo marcada levemente pelos anos e me apaixono da forma que o tempo passa por você."


Havia amor e, de um jeito ou de outro, sabíamos sem nos dizer, havia chegado pra ficar.O amor quando é amor é amor.

;*

"Bom comportamento nunca foi meu ponto forte. Minhas contradições se digladiam, Sobrevivo de um instinto que me empurra para lugares onde moças não iriam... Sou tantas, e a cada dia uma.
Quero da vida todas e mais algumas, Ir fundo em todas essas personagens"

"Que não fosse nada, que não tivesse descompassado o coração, que não alterasse o destino do sangue que corria nas minhas veias, que não comprometesse minha expectativa, que passasse de leve, quase que imperceptivel do meu lado. Mas você veio com tudo, suspirou e me roubou o ar, me tocou e tatuou toda a pele. Podia ser quase nada, podia ser só um rosto e um endereço, podia ser despercebido. Agora é o livro preferido da minha estante, meu nome predileto. O que importa mesmo agora, é que uma coisa muito bonita está para acontecer na minha vida, na nossa vida. Te espero, ansiosa e atenta."





"Nenhuma luta haverá jamais de me embrutecer,
nenhum cotidiano será tão pesado a ponto de me esmagar,
nenhuma carga me fará baixar a cabeça.
Quero ser diferente. Eu sou.
E se não for, me farei."

(Caio Fernando Abreu- Limite Branco)


quarta-feira, 23 de março de 2011


A mulher é um efeito deslumbrante da natureza.


Arthur Schopenhauer


E sorrindo ao lembrar do teu sorriso .
Sabe quando você lembra do sorriso dele,
e involuntariamente você sorri também ?
Então .



Pra gente dar certo .

Luiza Fritzen

"Nada de mesma cor de cabelo, olhos, estilo, peso e altura . Vez e outra, mesmo signo, vez e outra, mesmo endereço e escola . Aqueles anjos, terráqueos, com suas asas em forma de braços, que acolhem, que apoiam, que levantam, chamo-os de amigos . Não qualquer um, nem a toda hora, mas quando eu preciso, eles simplesmente voam até mim . Tão amáveis que sempre me recomendam o meu melhor, se me fizessem uma cartilha, a felicidade estaria 99% no meu caminho . Tola que sou, gosto de investir no 1%, mas eles são também generosos e nunca me jogam na cara o fato de terem me avisado . Uns amores . Sabem que eu erro e levam na boa, quando não levam, depois perdoam . Levantam a auto-estima como se fossem meu carro reboque . Mesmo longe, fazem as perguntas certas quando minhas lágrimas já se formaram e estão a ponto de desabar ; eles abrem o tempo, funcionam como sol . Eu automaticamente sei que não é pra ficar assim, nem assado, apenas bem quando eles estão do meu lado . Saudade dá . Me preocupo e lembro deles, quando há problemas, quero ser a miss solução, salvação . Pode ser minha irmã em noites de consolo, minhas amigas com seus abraços e frases de apoio, minha mãe que amortece qualquer dor apenas por estar ali, lutando todos os dias, dando exemplos . Sei que sou uma menina pidona, exigente com os atos alheios e que muitas vezes, me magôo por não agirem da mesma forma comigo . Mas já percebi que os atos de cada um são o que fazem de nós pessoas únicas, e eu amo as pessoas justamente por não serem iguais a mim ; aceito seus modos e formas assim como aprendi a me aceitar, e respeitar . Além de que, meus anjos são capazes de coisas que eu até hoje não consegui fazer, e eu admiro muito isso neles, como o excesso de carinho e a paciência . Então resolvo agradecer tudo que me fizeram, reconhecer cada ato, bonito e real, de quem por mim fez e faz, e tem seu valor . Agradeço pelo colo, pelo abraço, pelas palavras que não eram sábias, e sim, de conforto . Obrigada por me ouvir, todas as besteiras, dramas em excesso, assuntos fúteis, preocupações . Obrigada por me limitar, dizer não, converter meu não em um sim, me mostrar outros caminhos, soluções . Obrigada pela confiança, cumplicidade e parceria em crimes inocentes (como roubar suspiros por aí) . Por tentar secar minha blusa com secador de cabelo, por me fazer companhia quando eu queria morrer. Pelas palavras bonitas. Juras de amizade eterna. Por me fazer sentir especial, por pular na minha vitória, por acreditar em mim e me dizer que eu tenho potencial . Por passar a mão na minha cabeça e pelos tapas na bunda . Por fazer piadas dos outros, rir das mancadas alheias e reconhecer todos os nossos defeitos sabendo que somos alvos de palavras cruéis também . Compras, comilanças, viagens, tombos, banhos de mar, perdas, choros, palhaçadas . Aguentar minha loucura e também meu mau humor ; Pelas roupas emprestadas, pelas dicas sugeridas e por mim ignoradas ; por me chamar de chata, e depois de linda . Por me amar, por ir e voltar mas continuar morando dentro de mim . Por me mostrar que tudo tem um jeito, que janelas e portas fechadas não impedem que a gente derrube uma parede ; por demonstrar que sente saudade, por me procurar depois da briga, por me fazer ser humilde e me arrepender do que eu disse quando a cabeça fervia . Obrigada por não me recriminar e ver através dos meus olhos o quão arrependida eu estava e o quanto eu mesma me punia . Obrigada por me emprestar livros, os dois ombros, as horas de um turbulento dia e páginas da sua vida . Obrigada por aceitar ver filmes comigo, mesmo eu dormindo na metade ; crises de pobreza ao ver uma saia, excesso de risadas - inapropriadas, e por sair pra comprar esmaltes. Obrigada por dizer que me entende e compreender minha loucura, quando na verdade, eu preciso de camisa de força . Obrigada por me mandar ficar quieta, pois de tanto que eu falo, a minha voz acaba enjoando ; e eu também posso falar o que não devo, ou o que não deve ser dito. Obrigada por se preocupar comigo. Obrigada por me aturar como amiga, por me fazer feliz. Obrigada por me por em seus braços e me mostrar o quanto sou especial . Obrigada por não desistir de mim e nem deixar que a gente morresse . Obrigada por ser um anjo. Obrigada por me dar um espaço do seu coração e fazer bom uso do meu . Obrigada por todas as demonstrações de carinho e palavras que abrem sorrisos no meu rosto . Obrigada por fazer dos meus dias e da minha história, cada dia melhores; história da qual, terei orgulho de contar aos meu netos . E mais uma vez, obrigada, por tudo, por sempre !"

( Luiza Fritzen ) http://eraumavezaluh.blogspot.com/2011/03/obrigada-por-tudo-sempre.html


PARA TODAS AS MINHAS AMIGAS!


A foto, não, as fotos . E na carteira também . E deixo bilhetes, faço surpresas, escrevo textos românticos e sonho casar num lugar bonito e ter uma filha bonita . O tempo fez com que eu entendesse que contos de fadas existem . Mas não aqueles dos livros . Existem os da vida real, que falham, chegam atrasados, mas chegam . Estão lá, sempre . Por isso, insisto : não admito gracinhas e frescuras . Riram da minha cara ao ver que eu tinha foto na carteira . Que coisa fora de moda . Oi ? Amar é fora de moda ? Você acha brega ter uma foto na carteira ? Eu não acho . Você acha brega não olhar para o lado ? Eu não acho . Desculpa, você pode estar me achando uma tapada . Às vezes eu sou mesmo . De vez em quando me sinto uma idiota, boba, trouxa, que acredita em tolices . Mas essa sou eu, idiota, boba, trouxa, que acredita em tolices e é diferente dos outros .





"Nenhuma palavra dita fará com que você me compreenda,
se verdadeiramente não souber ler o que transpareço.
Portanto, nada de deduções.
Sou um filme sem legenda,
só quem fala minha língua consegue me entender."


(Fernanda Gaona)


;)




"Amar é o começo. O primeiro parágrafo. A primeira nota. É o que canta (e encanta). Amar é que nos faz falar. É o que nos faz acordar. É o que nos faz dizer "Bom dia" com o sorriso mais livre do mundo..."

(Fernanda Mello)

segunda-feira, 21 de março de 2011


As pessoas adoram dizer “você mudou”, mas não se importam em saber se você teve motivos para mudar.
(Pretty Little Liars)

" A minha fé ri das
suas impossibilidades"

(...)



E vou crescer assim. Gosto de abraçar apertado, sentir alegria inteira, inventar mundos, inventar amores. O simples me faz rir, o complicado me aborrece. O mundo pra mim é grande, não entendo como moro em um planeta que gira sem parar, nem como funciona o fax. Verdade seja dita: entender, eu entendo. Mas não faz diferença, os dias passam rápido, existe a tal gravidade, papéis entram e saem de máquinas, ninguém sabe ao certo quem descobriu a cor. (Têm coisas que não precisam ser explicadas. Pelo menos para mim). Tenho um coração maior do que eu, nunca sei a minha altura, tenho o tamanho de um sonho. E o sonho escreve a minha vida que às vezes eu risco, rabisco, embolo e jogo debaixo da cama (pra descansar a alma e dormir sossegada). Coragem eu tenho um monte. Mas medo eu tenho poucos. Tenho medo de Jornal Nacional, de lagartixa branca, de maionese vencida, tenho medo das pessoas, tenho medo de mim. Minha bagunça mora aqui dentro, pensamentos dormem e acordam, nunca sei a hora certa. Mas uma coisa eu digo: eu não páro. Perco o rumo, ralo o joelho, bato de frente com a cara na porta: sei aonde quero chegar, mesmo sem saber como. E vou. Sempre me pergunto quanto falta, se está perto, com que letra começa, se vai ter fim, se vai dar certo. Sempre questiono se você está feliz, se eu estou bonita, se eu vou ganhar estrelinha, se eu posso levar pra casa, se eu posso te levar pra mim. Não gosto de meias-palavras, de gente morna, nem de amar em silêncio. Aprendi que palavra é igual oração: tem que ser inteira senão perde a força. E força não há de faltar porque – aqui dentro – eu carrego o meu mundo. Sou menina levada, sou criança crescida com contas para pagar. E mesmo pequena, não deixo de crescer. Trabalho igual gente grande, fico séria, traço metas. Mas quando chega a hora do recreio, aí vou eu... Escrevo escondido, faço manha, tomo sorvete no pote, choro quando dói, choro quando não dói. E eu amo. Amo igual criança. Amo com os olhos vidrados, amo com todas as letras. A-M-O. Sem restrições. Sem medo. Sem frases cortadas. Sem censura. Quer me entender? Não precisa. Quer me fazer feliz? Me dê um chocolate, um bilhete, um brinde que você ganhou e não gostou, uma mentira bonita pra me fazer sonhar. Não importa. Todo dia é dia de ser criança e criança não liga pra preço, pra laço de fita e cartão com relevo. Criança gosta mesmo é de beijo, abraço e surpresa!

(E eu – como boa criança que sou – quero mais é rasgar o pacote!)
"E é no jogo bobo e repetido que vai se revelando:
o que passa, o que vem para ficar, o que é só caminho,
o que é lugar para morar."

(Cris Guerra)

Audrey Hepburn




"Para ter lábios atraentes, diga palavras doces; para ter olhos belos, procure ver o lado bom das pessoas; para ter um corpo esguio, divida sua comida com os famintos; para ter cabelos bonitos, deixe uma criança passar seus dedos por eles pelo menos uma vez por dia; para ter boa postura, caminhe com a certeza de que nunca andará sozinho; pessoas, muito mais que coisas, devem ser restauradas, revividas, resgatadas e redimidas; a beleza de uma mulher não está nas roupas que ela veste, nem no corpo que ela carrega, ou na forma como penteia o cabelo. A beleza de uma mulher deve ser vista nos seus olhos, porque esta é a porta para seu coração, o lugar onde o amor reside."



"Lembre-se que se algum dia você precisar de ajuda, você encontrará uma mão no final do seu braço. À medida que você envelhecer, você descobrirá que tem duas mãos - uma para ajudar a si mesmo, e outra pra ajudar aos outros."

Audrey Hepburn

"Na sua vida,
não tenha medo de ser fraco,
já que a fraqueza representa capacidade de amar.
Quando o outro,
pelas mais diversas razões esperar pelo seu ódio,
surpreenda-o com o seu amor."

(Pe. Fábio de Melo)

domingo, 20 de março de 2011


"O que faz uma pessoa desistir de amar? Desistir de sentir saudade, de lutar até o último suspiro e de se entregar? Vejo tantas pessoas que não sentem nada.
Nem a felicidade do amor correspondido, nem a dor do amor despedaçado. Caminham em um filme preto e branco, sem a intenção de colori-lo e eu não creio quando optam por isso.
Prefiro acreditar que corações às vezes ficam em stand by. À espera de serem salvos."


(Ana Agarriberri)

"poderíamos estar aqui conversando - eu daqui, você daí - sobre a calamidade social que o país não consegue conter, sobre como está difícil ter esperança, e quantas decepções já engolimos, mas hoje não, justamente hoje que seria o dia, vamos evitar esta discussão aborrecida e pegar um atalho, outro caminho, lembrar-se de quanta coisa já escolhemos e que deu certo, em quanta gente depositamos nossa confiança e que não nos faltou, em como já sofremos por pouca coisa e por muita coisa, e por todas elas nos tornamos mais fortes e preparados, então que venha o que vier, nada há de nos pegar desprevenidos, política nunca é mesmo algo muito original: mesmo sem bola de cristal podemos visualizar no horizonte o que irá repetir-se."

- Martha Medeiros in Hoje e depois de hoje pertencente a obra “Doidas e Santas”

Not The Right Day


"You're not the right guy
This is not the right place
It's not the right time
This is not the right day
I am just a stranger that entered your world
A girl form another town that nobody knows
I'm just a new girl that came to your school
That doesn't know anybody, but knows you
I know that you love me and my heart calls your name
But this is not the right time
This is not the right day

I'm going to pretend that I never knew you
That you aren't the guy I liked...
'Cause you were so different
You've changed so much
I can't stay stuck on you
Like if you were the only guy in this world
The problem is I still love you

But this is not the right time
This is not the right day
You're not the right guy
This is not the right place
I am just a stranger that entered your world
A girl from another town that nobody knows" ♫♪


"por mais que eu aplauda o que convencionamos chamar de “maturidade”, no fundo acredito que somos, todos nós, crianças que cresceram mais em estatura do que emocionalmente, crianças que foram empurradas para o meio do palco e que precisam ter suas falas na ponta da língua, conforme foram ensaiadas desde a primeira infância. somos homens e mulheres na segunda, terceira, quarta, quinta infância, nos apegando aos nossos parcos conhecimentos e às nossas inúteis experiências para tentar não errar demais. somos crianças que choram escondidas no banheiro, que tomam atitudes insensatas, que dizem o que não deveriam ter dito e que, nos momentos de desespero, gostariam de chamar um 'adulto' para resolver a encrenca em nosso lugar."

- Martha Medeiros in Pequenas crianças pertencente a obra “Doidas e Santas” - Do blog : eu te toco também!

(...) regras não servem pra mim. Não tenho vocação pra bailarina, tenho fobia de linha reta, tenho o corpo livre, o espírito solto, sou do mundo, das pessoas, das conquistas, das novidades, vou construindo fatos e lembranças nas esquinas.
A vida que tem lá fora gritou e eu não ouvi. Agora me movo a passos curtos, ziguezagueando por entre mudas de flores recentes que querem ser botão.
Eu quero ser flor: quero terra viva que se mova e me faça mover.”



Verônica H.
*-----*


"I love people who make me laugh. I honestly think it's the thing I like most, to laugh. It cures a multitude of ills. It's probably the most important thing in a person." ;)

"Parece milagre, mas as sementes de cura
começam a florescer nos mesmos jardins onde
parecia que nenhuma outra flor brotaria.
A alma é sábia: enquanto achamos que só existe dor,
ela trabalha, em silêncio, para tecer o momento novo.
E ele chega."



Ana Jácomo





"A vida sempre nos reserva primaveras...
Floresçamos."



(Fábio de Melo)

segunda-feira, 14 de março de 2011

para mim, é frustrante não conseguir falar. sentir que tenho tanto a dizer, tantas maneiras de ajudar, mas que estou preso em uma caixa à prova de som, em uma cabine isolada a partir da qual posso ver e ouvir o que está acontecendo, mas é como se tivessem tirado meu microfone e não me deixassem sair. é o tipo de coisa que pode levar uma pessoa à loucura.

- Garth Stein in A Arte de correr na chuva
"Eu sou assim, ligada na tomada. Sempre querendo
encontrar uma razão pra tudo.
Pessoas como eu sofrem mais. Se decepcionam mais.
Por outro lado, crescemos.
Evoluímos.
Amadurecemos.
Nada é estático em nossas vidas.
Nada é à toa.
Tudo ganha uma compreensão, tudo é degrau, tudo eleva."




[Martha Medeiros]


"As pessoas que mais sofrem são aquelas que não sabem o que querem."

(Do seriado: Grey's Anatomy)
"Você me pergunta “sairei do buraco?”. Sairá, sim. Sairá brilhantemente. As coisas agora vão começar a acontecer, é meio tipo ímã, uma coisinha vai magnetizando outra e outra e outra, você vai ver."

(Caio Fernando Abreu)

domingo, 13 de março de 2011



"Não que tenha me faltado companhia, mas em algum momento o abraço termina porque as pessoas têm as suas vidas. E ainda, o barulho das cidades têm me incomodado tanto quanto este silêncio denso. Então eu fico sem saber pra onde ir. E fico tão sonolenta e encolhida no meu canto até que alguém venha me abraçar novamente. E às vezes esse socorro demora tanto por causa da minha necessidade sempre tão urgente de tudo. De paz. Por não querer sufocar ninguém, fico aqui, sufocada.
Só estou te dizendo estas coisas porque acho estranho você não ter a menor curiosidade em saber como tenho me sentido. Depois de tudo.
Porque não existe um segundo sequer em que eu não pense e queira saber e deseje que você esteja bem. Só isso."


- Porque nos apaixonamos por uma pessoa
mesmo sabendo que ela é errada?

- Essa eu sei a resposta.Porque você espera estar enganado,e sempre que ela faz uma coisa que mostra que ela não é boa, você ignora,e sempre que ela age bem e te surpreende,ela te reconquista.E aí você esquece a idéia de que ela não serve pra você.

;)
"Não sei se será possível a gente escolher as próprias verdades, elas mudam tanto.
Não só por isso, nossas verdades quase nunca são iguais às dos outros, e é isso que gera o que chamamos de solidão,desencontro, incomunicabilidade. Talvez a maneira como me debato seja natural,
e até positiva. É possível que eu parta daí para um conhecimento maior de mim mesmo. Então estarei livre. Acho que meu mal sou eu mesmo, esses círculos concêntricos envolvendo o centro do que devo ser. Mas só poderei me aproximar dos outros depois que começar a desvendar a mim mesmo. Antes de estender os braços, preciso saber o que há dentro desses braços, porque não quero dar somente o vazio. Também não quero me buscar nos outros, me moldar ao que eles pensam, e no fim não saber distinguir o pensar deles do meu".

Caio Fernando Abreu



"Ensaia um sorriso, e oferece-o a quem não teve nenhum.
Agarra um raio de sol, e desprende-o onde houver noite.
Descobre uma nascente, e nela limpa quem vive na lama.
Toma uma lágrima,e pousa-a em quem nunca chorou.
Ganha coragem, e dá-a a quem não sabe lutar.
Inventa a vida, e conta-a a quem nada compreende.
Enche-te de esperança, e vive á sua luz.
Enriquece-te de bondade, e oferece-a a quem não sabe dar.
Vive com amor, e faça-o conhecer ao Mundo."


(Mahatma Gandhi)